Tipos de marketing: conheça e saiba qual o melhor para sua empresa

Há muito tempo o marketing deixou de ser uma coisa única e passou a ter várias vertentes. Atingir o seu público-alvo atualmente é possível por meio de uma série de táticas e ferramentas que formam os diferentes tipos de marketing. Para escolher o ideal, é preciso levar em conta o segmento da empresa e os objetivos que o gestor quer atingir. Vamos conhecer essas vertentes e dar um gás nos lucros?

Outbound marketing

O outbound marketing também é conhecido como marketing de captação ou de interrupção, já que ele normalmente interrompe uma experiência do usuário para fazer algum tipo de anúncio. Quer um exemplo? Comerciais de televisão são parte de uma estratégia de outbound marketing. O mesmo acontece no Youtube, quando os anúncios do começo dos vídeos podem ser considerados como parte de uma estratégia outbound.

É o tipo mais básico de marketing e é indicado para negócios que atuem mais no off line. Embora ainda faça sentido para esse tipo de empresa, é uma vertente de divulgação que está em declínio.

Inbound marketing

O declínio do outbound marketing está diretamente ligado ao inbound marketing – ou marketing de atração. Nesse caso, a estratégia de marketing é voltada para atrair o possível cliente até a empresa de maneira espontânea. Você sabia que o inbound marketing é até 61% mais barato do que o outbound? Pois é, e a tendência é que esse tipo de marketing continue crescendo. Além de tudo, ainda é mais eficiente.

Para garantir a atração são utilizadas ferramentas como conteúdo relevante, otimização de conteúdo (com técnicas de SEO e SEM), links e publicações patrocinadas. Pode ser usado por negócios que tenham uma estratégia bem estabelecida no mundo digital e que também desejem aumentar os resultados sem precisar aumentar o orçamento de marketing. Desde fornecedoras de peças para montadoras de veículos a universidades, praticamente todo negócio se adapta à estratégia inbound.

Marketing digital

Por falar em digital, o marketing digital é uma das maiores tendências, especialmente considerando que a internet é cada vez mais democrática e mais popular. Note, inclusive, que muitas vezes é difícil analisar tipos de marketing de maneira totalmente separada, já que o inbound marketing e o marketing digital estão fortemente relacionados.

No geral, o marketing digital usa ferramentas como criação de site institucional ou educativo, otimização de conteúdo, gestão de redes sociais, disparo de e-mail marketing, landing pages e muito mais. Basicamente, a internet se torna o outdoor de antigamente e podem ser usados diferentes recursos para atingir o cliente-internauta.

A cada dia que passa, essa é uma opção obrigatória para todo tipo de negócio, mas atualmente funciona muito bem com negócios com boa atuação online. Em outros casos, é uma opção indispensável, como é o caso de um e-commerce ou de uma empresa que ofereça um tipo de software.

Marketing de conteúdo

Já o marketing de conteúdo é um tipo de marketing que também é uma ferramenta do inbound. Esse tipo consiste basicamente na produção de conteúdo que seja interessante e relevante para o público-alvo. Pode ser um conteúdo que tire dúvidas, que ajude a pessoa na tomada de decisão ou simplesmente que entretenha.

Adivinhe um exemplo de marketing de conteúdo? Isso mesmo, a criação de vídeos no Youtube! A criação de posts em blogs, de e-books, podcasts, apresentações de slides e peças gráficas também são ferramentas utilizadas por esse tipo de marketing.

É especialmente útil para empresas que desejam se posicionar como uma autoridade no assunto e que desejem construir relacionamento com seus clientes. Um restaurante, por exemplo, pode produzir conteúdo com receitas ou então com peças que utilizem fotos dos pratos para chamar a atenção de atuais e novos clientes. 

Marketing de relacionamento

O marketing de relacionamento é o marketing que prioriza a continuidade de um relacionamento com clientes, deixando de focar apenas na venda ou na conversão em si. Esse tipo de marketing usa ferramentas como a própria geração de conteúdo, a interação em redes sociais e softwares que ajudem a mapear o relacionamento com o cliente, como um Customer Relationship Management (CRM).

Em um canal do Youtube, por exemplo, isso significa não apenas querer que a pessoa se inscreva no canal, mas manter contato tanto quanto possível ao responder comentários e pedir e aceitar sugestões.

É uma possibilidade para qualquer tipo de negócio, já que favorece a construção de parcerias de longo prazo, mas é especialmente indispensável para negócios que funcionem no esquema de assinatura, como uma TV a cabo e operadoras de celular que oferecem planos de controle e também empresas de assinatura de software. 

Marketing indireto

Já o marketing indireto é aquele tipo de marketing que não parece uma ação, mas que na verdade é uma campanha. Ele acontece sem que seja preciso falar sobre a empresa ou tentar vender o produto – a marca apenas está lá.

Em novelas e filmes, por exemplo, isso acontece quando um personagem usa um produto cuja marca é mostrada, mas sem que se fale algo a respeito. Novamente, em canais de Youtube isso também é bastante comum e esse tipo de marketing tem como objetivo principal fixar a marca de maneira “inconsciente” nos consumidores.

Essa opção pode ser utilizada principalmente por empresas que identifiquem veículos ou produtores de conteúdo – no caso dos youtubers – que tenham a ver com seu negócio. Normalmente, é mais indicado para empresas que vendem diretamente para o cliente (as B2C) como lojas, marcas de alimento e de produtos em geral.

Além desses, há outros tipos de marketing mais específicos como o marketing viral, sazonal, de guerrilha, mobile e muito mais. As opções podem ser utilizadas de maneira integrada ou separada, mas todas em geral compartilham objetivos como fortalecer a marca, conseguir mais clientes e melhorar os resultados em geral do negócio. Assim, vale a pena avaliar individualmente sua empresa, identificar os recursos disponíveis e o público-alvo de modo a encontrar qual opção ou quais opções se adaptam melhor.

Já sabe qual tipo de marketing é o ideal para o seu negócio? Tem alguma dúvida? Conte para a gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *